Como Planear um Casamento: Guia Completo

February 11, 2021

Como Planear um Casamento em Portugal? É o que se verá a pensar quando a excitação inicial de estar noiva se desvanecer. Terá de começar a tomar decisões com o objectivo final de ter um casamento que o reflicta como um casal. Aqui estão os passos mais importantes para planear um casamento que seja tão único como vocês.

Como Planear um Casamento: Guia Completo

1. Estabelecer um Horário de Planeamento de Casamento

No momento em que ficarem noivos, todos estarão a pedir a data do vosso casamento. Mas na realidade, não será possível estabelecer uma data exacta de casamento até que outras grandes decisões – como escolher (e reservar) o seu local de casamento – sejam tomadas. Portanto, primeiro, concentre-se em determinar uma série de datas que funcionarão para si. O noivado médio dura 15 meses, mas também pense em que época do ano prefere, quaisquer grandes feriados ou eventos familiares com os quais gostaria de evitar conflitos, e quanto tempo prevê que precisará de planear.

2. Criar uma Lista de Prioridades

Descobrir o que deseja do seu dia é por onde começar ao planear um casamento. Quais são os elementos mais importantes para si? Talvez queira uma desculpa para ter óptimos alimentos e bebidas? Quer dar uma grande festa a altas horas da noite com grande música? Talvez as grandes festas não sejam o seu estilo e queira algo pequeno e calmo?

Ter as suas prioridades em ordem irá orientar o resto do processo, tornando mais fácil escolher onde se vai comprometer.

3. Encontre a Sua Visão de Casamento e Escolha um Local

Antes de experimentar um vestido de casamento, reservar uma banda de recepção ou fazer a prova do bolo de casamento, olhar para o quadro geral e imaginar o estilo e a vibração do seu casamento ideal. Será uma noite à luz de velas numa mansão ou uma cerimónia de pés descalços numa praia tropical? Enquanto imagina o seu casamento perfeito, aqui estão algumas questões-chave a considerar: Grande (todos os que conhece) ou pequeno (apenas amigos íntimos e família)? Ao ar livre ou dentro? Em casa (uma das suas cidades natais ou a sua cidade actual) ou fora (um casamento de destino)? Moderno, clássico, romântico, vintage, rústico ou glamour total? Vistoso, casual ou algures no meio?

Para o ajudar a ter uma ideia melhor do que quer (e do que não quer), faça um divertido Style Quiz que tira todo o trabalho de adivinhação da criação da sua visão de casamento de sonho, depois combina-o com belos locais e outros profissionais fantásticos que se adaptam ao seu estilo. Não se esqueça de consultar revistas, redes sociais e fotografias reais do casamento – e não se limite às fontes óbvias. Algo tão improvável como um padrão de papel de parede, uma cena de um filme favorito, ou uma herança de família, pode despertar a sua criatividade. Resumindo: Mantenha sempre os olhos abertos para a inspiração.

4. Definir um Orçamento de Casamento

Sentem-se com as vossas famílias e descubram o quanto todos estão a contribuir para o vosso casamento. Este número afectará todas as decisões sobre a forma como planeia o seu casamento e compra, por isso não se esqueça de elaborar o seu orçamento antes de começar a planear. Pode ser uma conversa desconfortável, mas é melhor tirá-la do caminho agora para que tenha uma imagem realista sobre o que pode gastar.

5. Organizar, Organizar, Organizar

Se quiser saber como planear um casamento, uma coisa é acima de tudo: organização. As folhas de cálculo partilháveis são aqui o seu melhor amigo. Ao manter os seus documentos essenciais na nuvem, você, o seu parceiro e qualquer membro da família podem partilhar o acesso e editar as coisas em conjunto para que todos estejam na mesma página. Precisará também de um plano para manter recibos físicos, brochuras e outros itens de vendedores.

Uma lista de verificação principal é também uma boa ideia. Considere utilizar aplicações disponíveis onde pode fazer uma lista de tudo o que precisa de ser feito antes do dia do casamento.

6. Planeie a sua lista de convidados de casamento com tacto

À medida que começa a construir a sua lista de convidados, terá de considerar vários factores. Se tiver em mente uma cerimónia ou local de recepção em particular, por exemplo, ficará limitado pelo número de pessoas que pode acolher. Preferiria ter qualidade um a um com cada convidado ou dar uma festa única para todos os seus amigos e familiares? Se a mãe e o pai não cederem a convidar multidões de amigos e familiares, terá de os ouvir – especialmente se estiverem a pagar uma parte importante da conta.

Tenha em mente que incluir mais convidados nos seus planos de casamento significa preços mais elevados, uma vez que os custos de catering são geralmente calculados com base no custo por cabeça. Assim, para além da localização, o seu orçamento terá uma grande influência no tamanho da sua lista de convidados.

7. Escolha a Sua Festa de Casamento

Agora é a sua vez de propor às suas damas de honor e padrinhos. Lembrem-se, quanto mais cedo pedirem, mais cedo poderão pedir a sua ajuda. E tenham em mente que a vossa festa de casamento está a concordar em gastar o seu dinheiro e doar o seu tempo, sejam atenciosos e gentis, informando todos sobre todos os vossos planos (incluindo os custos de trajes, despedidas de solteiro e de solteira e muito mais), mostrando-lhes um bom momento e certificando-se de que sabem o quanto vocês os apreciam.

8. Considerar um organizador ou coordenador de casamentos

Se são um casal super-ocupado, têm trabalhos exigentes ou têm grandes (leia-se: complicados) sonhos para o vosso fim-de-semana de casamento, contratem um organizador de casamentos a tempo inteiro. Um profissional pode ajudá-lo a saber planear um casamento nessas circunstâncias e a preparar todo o seu evento, desde a festa de noivado até à lua-de-mel. Também pode contratar um consultor ou coordenador a tempo parcial para elaborar um plano de casamento – incluindo orçamento, agenda e listas de bons fornecedores e escolhas de locais – antes de se lançar sozinho nos preparativos. Outra opção é um coordenador do dia do casamento, que se certificará de que tudo corre bem no dia do seu casamento.

9. Reserve um Local de Casamento (e marque a sua data)

O seu local de recepção tornar-se-á o pano de fundo de praticamente todas as suas fotografias de casamento. Pode influenciar tudo, desde os mais exigentes como o seu orçamento e lista de convidados até aos mais pequenos detalhes como o seu menu (se escolher um local com catering interno). Assegure-se de que planeia obter o aspecto, preço e extras que deseja, vasculhando as listas locais, fazendo compras, marcando visitas e reservas com antecedência. Bónus: Ao assinar o seu contrato de local de encontro, terá oficialmente a data do seu casamento (parabéns!).

10. Contratação de Fornecedores de Casamento Prioritário

Se não consegue imaginar casar-se sem uma certa banda local a tocar na recepção ou sem um fotógrafo cujo trabalho ama (espero que seja uma das vossas opções), aja rapidamente. Muitos dos melhores fotógrafos de casamentos e outros vendedores de casamentos a pedido são contratados com mais de um ano de antecedência, e uma vez reservados, desaparecem. Dica: Descubra quais são as suas maiores prioridades de casamento, quer se trate de catering de classe mundial ou de flores requintadas, e apanhe os vendedores cujo trabalho você adora.

11. Loja Vestidos de noiva

Um dos resultados mais divertidos de aprender a planear com sucesso um casamento é a compra de vestidos. Comece a sua pesquisa navegando online pelas fotografias de vestidos de noiva (e guardando os seus favoritos – vai querer levá-los consigo para os seus compromissos). Depois, aprenda a linguagem antes de pôr os pés num salão de beleza.

Leia em silhuetas, decotes, comboios e matizes que o possam lisonjear. A estação irá também afectar a sua escolha. Casar no Verão escaldante? Vá com tecidos leves tais como chiffon, linho ou organza. Vai ter um casamento de Inverno? Brocado, pêlo falso e veludo irão mantê-lo quente. Cetim, shantung, seda e tule são perfeitos durante todo o ano.

Uma última dica para as compras de vestidos: comece o mais cedo possível. Encomendas e alfaiataria podem demorar meses. Além disso, vai precisar de tempo adicional para os retoques finais.

Se estiver à procura de um fato, comece a fazer as suas compras o mais cedo possível. Um fato bem adaptado leva tempo a encontrar e a personalizar à sua moldura. Explore boutiques locais, lojas de departamento e até mesmo startups online – há uma surpreendente variedade de opções disponíveis para fatos nos dias de hoje.

Não se esqueça de conversar com o seu parceiro sobre os seus planos de moda para o dia do casamento. Vai querer certificar-se de que os seus trajes se complementam uns aos outros. Além disso, considere a vestibilidade pós-casamento de qualquer fato que esteja a pensar comprar. Desde entrevistas de emprego a reuniões importantes.

12. Demorar algum tempo a NÃO planear

Planear um casamento é um grande empreendimento; pode também ser o primeiro grande teste do seu casamento. É um longo (mas gratificante) desafio de compromisso, sacrifício e gestão do stress. Antes do vosso casamento, demorem algum tempo apenas os dois a fazer tudo menos planear o casamento. Ajudá-lo-á a lembrar-se porque está a fazer tudo isto em primeiro lugar.

Quinta do Avesso Casamento - Bruno Garcez

Espero que tenha sido útil todas estes conselhos e dicas sobre Como Planear um Casamento

Check out our full wedding portfolio our return to the home page

I love to hear from you! Please contact me here!

SHARE THIS STORY